Seguidores

quinta-feira, 4 de novembro de 2010

DE LAGARTAS, CRISÁLIDAS E BORBOLETAS

Por: Alberto Couto Filho 

Enquanto me afasto, mais e mais, do pecado, vou observando o deleite de alguns dos meus amigos com o seu cometimento. 

Alguns deles, eu sei, se ressentem por eu não pactuar mais com eles em certas ações e atitudes. São partidários de um tipo de cepticismo, incrédulos quanto à conversão ao cristianismo, por descrerem da graça vivificadora que o Senhor nos concede. 

Outros, cuja conduta assemelha-se à daqueles falsos apóstolos em Corinto, incrédulos que se diziam crentes, embora demonstrem disposição para não viver em pecado, evitando ou, até mesmo, abstendo-se de certos vícios; procurando corrigir falhas de caráter; abandonando sestros e comportamentos moralmente questionáveis e contrários aos mandamentos do Evangelho de Cristo mas, apegados às suas próprias idéias, não aceitam Jesus como seu Salvador, único e suficiente.

A Bíblia não nos orienta a evitar qualquer associação com incrédulos, mas proíbe-nos de por em jugo desigual com esses tais, associando-nos às suas idéias, a partir do livro de Deuteronômio (22:10), quando a lei diz que não devemos lavrar com junta de boi e jumento. Moisés se referia à impraticabilidade de um peso ser arrastado por um jumento, quando deveria ser puxado por um boi. 

Paulo escreve aos de Corinto para que não distorçam a vida e o ministério da igreja aliando-se, não só aos impuros deste mundo, ou aos avarentos, ou roubadores, ou idólatras, mas também àqueles que se dizem irmãos e que praticam iniqüidades (1 Co 5:9,10) 

Infelizmente, não posso mais ter comunhão com eles – justiça e iniqüidade não se associam; Não há harmonia entre Cristo e o maligno (2 Co 6:14-16). 

Tanto os céticos, quanto os incrédulos, assemelham-se àquelas larvas de borboletas - lagartas que, numa história conhecida, se arrastavam com muita dificuldade pela relva, gramíneas crescidas que obstaculizavam a sua marcha - se é que podemos chamar assim o deslocamento lento, pausado e pachorrento desse tipo de lagartas. 

A história conta que se assustaram quando foram encobertas pela sombra de uma bela e brilhante borboleta que voava sobre elas. Olharam para cima e viram-na se afastar em seu vôo lépido e ligeiro. 

Foi então que uma comentou com a outra: 

Cruzes! Cô louca! Eu jamais voaria numa coisa daquelas! Não o faria nem por um milhão de euros! 

Fico muito triste quando penso que as pessoas que citei anteriormente, tal e qual as duas lagartas da historinha, não conseguem imaginar e antever as glórias que poderão advir da transformação das suas vidas, ao experimentarem a boa, agradável e perfeita vontade de Deus (Rm 12:2). 

Os céticos, eternos incrédulos, descrentes, portam-se como lagartas que não admitem viver além da primeira etapa da vida de uma borboleta. Eles não querem ter suas mentes renovadas; não crêem na transformação de suas vidas; no nascer de novo quando têm transformados os seus corpos de humilhação em seus casulos, conformados que estão com os modismos contemporâneos (Fp 3:21). 

Aqueles outros, como que “crentes de mentirinha”; que querem demonstrar sua intenção de não cometer aqueles pecados mais visíveis chegam, quando muito, à segunda fase, que é a metamorfose em crisálida. Esses também não acreditam que suas vidas possam ser transformadas. 

As Escrituras dizem que não fomos feitos para rastejar na grama; que não fomos criados para viver eternamente como lagartas – O Senhor nos pôs por cabeça e não por cauda e só estaremos em cima e não debaixo, desde que obedeçamos aos Seus mandamentos (Dt 28:13). 

Nós, que esperamos no Senhor, fomos feitos para voar ao sol, subindo com asas, como águias, bem mais próximos do Criador (Is 40:31). 

Arrastar-se na grama é herança do senhor Adão e família – é decorrência do pecado humano, fruto da sedução de satanás, lá no jardim do Éden. 

Viver em pecado (ser pecador) é como ter um “saldo devedor” na conta bancária no Banco da Justiça Celestial e não ter nada (recursos ou boas obras) para cobrir o “furo”. Este “nada ter” , pode parecer um paradoxo, mas é o ganho de todos os que buscam entesourar-se aqui na terra. 

Por mais que você acumule bens materiais; realize algo bom ou pratique uma boa ação, você não ficará com saldo credor, pois não tem nada para depositar naquela sua conta, naquele Banco – seu coração não é servidor; ainda é original, conduzido pelo poder, pelo reconhecimento e pela avareza. O pior de tudo é morrer e ter de liquidar o débito que você tem com aquele Banco. 

Pera aí! Mas por que morrer sem quitar esse débito aqui na terra, se o Banco da Justiça Celestial tem uma linha de crédito de justiça, disponibilizada e jamais contingenciada para a sua liquidação? 

O Presidente do Banco disponibiliza recursos, de um “funding” de Justiça administrado pelo maior correntista e, também, acionista daquela instituição celeste – o Seu próprio Filho que, além de possuir um saldo de Justiça inexaurível, é conhecido no mundo, como o maior investidor em fundos daquele “ativo”. 

Todos nós, quando pecadores, temos às mãos uma proposta de crédito pré-aprovada, determinando a autorização expressa da transferência de “Fundos de Justiça” para a nossa conta devedora, quando nos tornamos correntista daquele Banco. 

Ficamos perplexos quando lemos o contrato. Suas cláusulas geram desconfiança, pois elas só nos oferecem benefícios, vantagens e compensações. 

Aquele que imaginar ter fundos transferidos apenas para zerar seu “saldo devedor”, na expectativa de que ele mesmo torne esse saldo credor vê, estupefato, que o crédito oferecido proporciona um saldo positivo que, além de possibilitar a realização de sonhos atuais, satisfaz as necessidades futuras do Banco com relação a Seus clientes. 

Dá mesmo pra desconfiar, pois no contrato pré-aprovado está estabelecido que o Presidente do Banco outorga aos clientes que aceitarem o crédito, o direito de efetuar futuramente, com o Banco, as transações que se fizerem necessárias, usando sempre, como aval, o nome do Seu Filho. 

E você sabe o que acontece, quando levamos esta proposta de crédito àqueles nossos amigos céticos? Veja o que nos dizem: Eu acho que você pirou de vez! Você acredita em Papai Noel? Estás de brincadeira! Ai tem! Tô fora! 

Aqueles outros, teimosos que confiam em si mesmos, opinam dizendo que é mais prudente e até honrosa a tentativa de, por seu próprio esforço, simplesmente zerar a conta, pois vêem na proposta do Presidente do Banco algo semelhante a um ato de caridade espiritual (Jr 17:5). 

Sinto-me feliz quando, liberto, sou motivado para voar como aquela borboleta, bem mais próximo do sol, por ter descoberto que no poder do Filho do Presidente do Banco Celestial posso interagir, sinergicamente, com os homens, utilizando o meu saldo de Justiça. 

Todavia, não posso ocultar minha tristeza quando penso que aqueles ressentidos e teimosos que, à semelhança daquelas lagartas que se arrastam pela relva, estarão sempre olhando para cima, sem nunca compreender o mistério: nem todos dormiremos, mas transformados seremos todos ao ressoar da última trombeta (1Co 15:51,52). 

Adaptação – Titulo original: “Deus diz que você pode ser perfeito aos seus olhos” 

“Prophecy Study Bible” – Thomas Nelson, Inc. 

59 comentários:

Rita disse...

Paz amado irmão Alberto,
Belo texto, uma conclusão acertada de que a palavra é clara quanto a separação,santificação e salvação dos verdadeiros cristãos,que não compactuam,nem se ajuntam com os infiéis e falsos crentes.
De fato o cristão é cabeça e não cauda,mas, não como querem os interesseiros...
pois o cristão verdadeiro maneja bem a palavra da verdade, está apto a olhar para cima,conhecer a VERDADE, e anunciá-la aos que nada possuem, os que são cauda por falta de sabedoria...esta só vem do alto descendo do Pai das luzes...o qual nos fez para adorá-lo em espírito e em verdade.
Ser cabeça é ser sal e luz,é como diz em Isaías 40-31
Mas os que esperam no SENHOR renovarão as forças, subirão com asas como águias; correrão, e não se cansarão; caminharão, e não se fatigarão.
E aos que nada querem com a verdade que o Senhor tenha misericórdia e que esses ainda enquanto é dia possam se arrepender...

Paz amado irmão, que o Senhor o abençoe e aos seus ricamente!!

Clovis Cabalau disse...

A paz, servo do Senhor. Como sempre, teus textos me levam a refletir profundamente. Identifico-me muito com a situação que ora abordas. É duro saber que muitos dos que já trilharam caminhos perigosos comigo poderiam estar agora desfrutando ma Maravilhosa Luz, mas, por escolha, preferem o estado "lagartício" (inventei essa agora) e continuam se arrastando por aí. Por aqui, oro por eles e, vez em quando (menos do que deveria) prego a eles a verdade. Continue sendo esse instrumento nas mãos do Altíssimo.
Seu conservo.

Newton Carpintero, pr. e servo disse...

Prezamigo Alberto Couto,

A paz do Senhor!

Por vezes discursos compostos de conhecimentos catedráticos e revestidos de uma crosta de espelhos por volta do corpo humano, imitam qualquer brilho, menos o brilho que procede de Deus com reflexo nas vidas que desejam estar em comunhão com ELE, o nosso Senhor.

Este postagem demonstra com sabedoria as possibilidades reais à nossa volta com simplicidade, sabedoria e conhecimento que realmente valorizam a bondade e a misericórdia de Deus.

O Senhor seja contigo, e continue uma benção,

O menor de todos os menores. Simplesmente servo!

disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
www.gloriosojesusblogger disse...

Nosso consolo é saber que Deus na Sua infinita sabedoria permitiu a "lagarta" a passar pela a metamorfose e vir a se transformar numa linda borboleta indo a voar de flor em flor, e assim acontece o mesmo conosco, depois de alcançados e transformados, saímos por aí levando a palavra de Deus, para ensinar novas "lagartinhas" o poder da transformação no nome poderoso de Jesus! Fique na paz e obrigada por essa belíssima postagem, ungida pelo o Altíssimo que nos leva a uma reflexão profunda.

Anselmo Melo disse...

Querido e sumido irmão Alberto. Nada me enche mais de alegria do que ver outrora lagartas rastejantes alçando seus vôos nas asas do Espírito. Outrora homens cheios de justiça própria que agora se alegram na justiça do Reino. Servos do pecado que agora trocaram seus grilhões pelo fardo leve e o jugo suave do Senhor Jesus. Quando nos ocorre tamanha transformação é mesmo impossível conviver muito de perto com outros que ainda não experimentaram da graça regeneradora do Evangelho.Que nossa súplica seja incessante e nosso testemunho inspirador para que todos esses sejam alcançados por tão imenso amor.
Paz!

Pra.Thaís Itaborahy disse...

Paz irmão. Muito obrigada pelos comentarios em meu Blog. Feliz em te-lo lá. E também muito verdadeiro é a ilustração das largatas. Tdos nós passamos por um processo de transformação na vida. O proóprio Deus nasceu em uma mangedoura, podendo ter nascido num palácio. Antes da largata ser borboleta, ela é feia e muitos tentam mata-la. Pense nisso. Deus te abençoe e te guarde. Te use e inspire a cada dia. Um otimo fim de semana. Pra. Thaís Itaborahy.
www.palavradevidaaocoracao.blogspot.com

Selma Lobo disse...

Irmão Alberto, quando crescer quero escrever assim que nem o sr., rs.
Obrigada pelo texto, é dificil ler coisa boa hj em dia na net.
me fez pensar, tenho vivido uma fase de sair do casulo fisicamente falando, e fiquei aqui pensando se minha espiritualidade está acompanhando meu fisico.
bjks
Selminha

Alberto Couto Filho disse...

Rita,

Vc disse, lá naquele seu lindo espaço virtual:Sejam "Amigos de Deus";
Eu digo:Nossa melhor opção de vida é crer nEsse Deus.
Seriam afinidades Cristocêntricas?
Creio que sim.

Alberto Couto Filho disse...

Pr Clovis

Uma lagarta me disse: Eu sorrio como vc; Eu choro da mesma forma que vc!
Kd a diferença por crer em Deus?
Eu disse: A diferença é que Ele ampara as minhas lágrimas e, as suas...não sei.
Ué! redarguiu a lagarta - Pensei que eu fosse, também, filho deste mesmo Deus.
Encerrei o papo: Vc é, sem dúvida, mas insiste em não ser Seu "amigo". Vc, como filho, quer suas vontades satisfeitas, mas não quer satisfazer a vontade do Seu Pai.
Paz

Alberto Couto Filho disse...

Pr Newton

Já que está na moda, vou lhe dar um conselho - Este seria, então, o 12º, estou certo?

Não mude não, amigo! Prossiga! O impar de Deus lhe cai muito bem.
Paz

Alberto Couto Filho disse...

Rô,

Com certeza? Por que? Quem disse?
Já disse pra vc deixar de ser inxerida!
Pensarei, na remota possibilidade de atender seu pedido. rsrs
Xiiiiiiiiii Tô ficando importante! rsrs

Alberto Couto Filho disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Alberto Couto Filho disse...

Isabel, irmã querida

Não sei o que apreciar mais - se este seu amoroso comentário ou aquele gostoso camarão indicado no seu blog.
Ambos são gostosos!

Alberto Couto Filho disse...

Oi Pr Anselmo, mui amado

Não sumi não, tá? Meu computador sim.
Tô na luta com a divulgação.
Postei no Pedra sobre aquele viciado pornô - uma lagarta que atingiu a fase de crisálida.
Deus quer que a crisálida abandone o casulo que a aprisiona, valendo-se de suas próprias forças.
Enquanto isso, eu o amo em Cristo Jesus

Alberto Couto Filho disse...

Pra. Thais,

Quanta honra!
É isso ai - quantas lagartas são pisoteadas por não terem a oportunidade de se tornarem borboletas e voarem ao sol.
O conteúdo do livro que lancei contempla a reapresentação daquela proposta de crédito do Reino para que sejam evitadas as feridas e, mesmo, a morte de lagartas ou crisálidas que poderão, se orientadas, transformar-se em belas borboletas.
Com que carinho recebo este seu comentário.

Alberto Couto Filho disse...

Olá, amada Selma

Tranquiliza-te!
Não pense que o "empréstimo em conta corrente" para o crédito de bençãos, já aprovado por Deus, está com o seu limite "estourado". Veja que Ele não fixou data para efetivar os créditos. O prazo é determinado por Ele, até porque o Banco Lhe pertence e, somente Ele pode determinar a liberação do cédito ou o seu contingenciamento, mesmo que aprovado.
Quem sabe Ele não estaria revisando o seu cadastro como pretenso tomador das Suas bençãos?
Por amor a Ele e a todos nós que te amamos, não desista do credito. Tome posse das "ordens de pagamento" do Banco Celestial. Lembre-se que que os cheques ADM (administrativos)nominativos a você, em razão dos intermináveis recursos disponíveis daquele Banco, jamais deixarão de ser honrados.
A linguagem é de um ex-dirigente bancário mas,
de coração para coração, reflita - a clientela desse Banco nunca deixará de ser atendida.
Em Cristo,

Selma Lobo disse...

Irmão Alberto em cada resposta do sr. a gente percebe um cuidado, absolutamente cristão, obrigada de coração pela parte que me toca.
Abração.

disse...

Ainda bem que temos o Filho do Presidente do Banco Celestial, se não estaríamos com saldo devedor. Paz!

Adriana Marques disse...

Olá,irmão Alberto!
Paz de Cristo pra ti!
Ser um irmão borboleta é muito bom,é ótimo, é o certo, pois sendo tal irmão não ofendemos uns aos outros, as vezes não somos nem "notados",pois nossas respostas são brandas, nossa presença é pura calmaria no lugar onde estamos, as pessoas sentem paz quando estão ao nosso lado e tbm chamamos à atenção simplesmente pela beleza e leveza de Cristo que está em nós...
Quando uma borboleta pousa em algum lugar sua leveza a mantém no alto,ela apenas chama atenção por ser bela e delicada.
Ao contrário das lagartas que não são nada agradáveis de serem vistas, elas realmente não tem beleza alguma e em se tratando daquelas que queimam , aí a coisa fica ainda pior.
Assim tbm são muitos irmãos,as vezes sua presença chega a incomodar, causa tumulto e dá até um certo medinho de ficar perto, pelo fato de estarem sempre de mau humor chegam a queimar,faz o coração arder de tristeza.
Quando estamos em Cristo tudo muda!
Esse irmão que ainda é uma lagarta ainda tem tempo de ser uma linda borboleta , mas cabe a linda borboleta ensinar, dar exemplo, ajudar, edificar um ao outro, pois é pra isso que estamos no Corpo de Cristo, para sermos edificados e edificar aos que estão nessa condição de rastejar.
De uma coisa eu sei, tenho certeza,Cristo pode tudo em todos e Ele não tarda em voltar.

Que o Senhor nos livre de rastejar e faça de nós belos irmãos borboletas...

Vem Senhor Jesus!!!

A paz!

Um abração em ti irmão Alberto!
Esse não é apenas um abracinho, mas aquele abraço, tá joinha?!!!

Alberto Couto Filho disse...

Rô.

Negóseguin: Se Ele não fosse o presidente nossas contas já estariam encerradas pelo BC celestial.
Vou dar uma vista d'olhos no profetinha do Orkut.

Sigam-me, apenas, os bons...de coração.

Alberto Couto Filho disse...

Oi, joinha,

Eu tive lá, sentindo o cheiro das águas;
Eu tava com saudades dos seus comentáros;
Eu tô feliz pelo que você disse;

Em Cristo

Pastor Afonso disse...

Alberto, vaso de Deus para as nossas vidas, estas suas letras :
.
"...A Bíblia não nos orienta a evitar qualquer associação com incrédulos, mas proíbe-nos de por em jugo desigual com esses tais, associando-nos às suas idéias, a partir do livro de Deuteronômio (22:10)"
.
São de uma profundidade que nos deixa impactados
.
Continue
.

opoderdasescrituras disse...

Bela analogia... palavras de quem entende do assunto!! Tanto da analogia, como do significado real. Fica com Deus!!

ps.: Final de ano tá chegando!!

em Cristo.

Pr Alex.

Alberto Couto Filho disse...

Pr Afonso,

...e um dia, Deus fez com que este Seu servo conhecesse o nobre pastor Afonso.
Que prazer; que honra!
Este espaço é seu, também
Em Cristo

Pastor Guedes disse...

Caro Alberto,

Estava com saudades suas. Saudades de seu blog. Saudades de suas visitas ao meu. Enfim, saudades!

Seus textos são sempre lindos e suas leituras nos são deleitosas...

Agora, que essa história de Banco, Presidente do Banco, Filho do Presidente do Banco, tá cheirando a dinheiro sobrando, ah tá! O livro está trazendo muitos dividendos heim?! kkkk

Brincadeiras à parte seu texto é (como sempre) um primor. Que Deus continue lhe dando a habilidade da "pena de um destro escritor" para continuar compondo literatura tão agradável como esta.

Ainda não comprei seu livro, mas vou comprar!

Forte Abraço.
No amor de Cristo!

Alberto Couto Filho disse...

Pastor Guedes

Não chore não!
Jesus tem cuidado de vc.
Que bom que o mestre tenha gostado.
Transfira algo da sua conta para a deste autor que está fazendo de tudo para tentar uma 2ª edição.
Tadinho de mim se esperar pela "grana" de pastores!!! rsrsrs
Corre lá no seu email e...surpreenda-se.
Ele conosco

Alberto Couto Filho disse...

Pr Alex

Que negocio e esse de fim de ano chegando.
Explique-se

Paz

opoderdasescrituras disse...

A paz de Cristo!!

Uai! Já se esqueceram - vc e o Pr Guedes? Os peixes nos esperam aterrorizados com as possibilidades deste fim de ano... kkkk

um abraço.

Alberto Couto Filho disse...

Pr. Alex

Xiiiiiiiiiiiiii

Ia me esquecendo.
Tudo vai depender, no entanto, do novo Ministro da Marinha, nomeado pela Presidenta (ou presidente?) Dilma KKKKKKKK
Soube que a Patrulha Naval já está de prontidão, de comum acordo com o IBAMA, o INEA, a FEEMA.
Estão imaginando que esse trio de pescadores "feras", quando formado, constitui uma alta periculosidade para a fauna marinha. Estão prevendo o extermínio e a extinção de várias espécies se entrarmos em ação.
Na última vez que o pastor Guedes pescou, eu soube que fez um duplo triplê. isto é, em cada um dos três anzóis do "varejo" ele fisgou dois peixes. Isto pode parecer mentira, mas não é. A hermenêutica diz que é uma figura de retórica - uma hipérbole, tá?
Dizem por ai que ancestrais daquele nobre pastor teriam participado da pesca maravilhosa (Jo 21:11).
Que tem aquele pastor a dizer?
É mentira? rsrsrs
Gosto dele à beça.
Vamos combinar.
A paz

Luciano Vieira disse...

Prezamado, querido e estimado amigo-irmão Alberto,
a paz dquEle que sempre nos amou!

Fiz uma leitura rápida pelo texto e senti uma graça maravilhosa. Volto novamente em breve com um comentario elucidado sobre o texto extremamente pertinente a nós.

Um abraço daquele que não te esqueceu e nem vai esquecre, mas se encontra um pouco ausente.
Luciano Vieira

Alberto Couto Filho disse...

Olá Lu,

Sentimos sua ausência.
Retorne quando quiser

A paz

Willian Emanuel disse...

A paz do Senhor, irmão Alberto. Sábias palavras que o senhor disse, sempre pautadas na bendita Palavra de Deus.
Apenas reiterando o que o senhor disse, estamos vivendo aqueles tempos a que o Apóstolo Paulo fala em 2 Timóteo 3.1-5, mas que , de forma sábia, ele mesmo resume o que os servos de Deus devemos fazer em meio à "extrema corrupção nos últimos tempos": "Destes afasta-te". Devemos estar cada vez mais ligados a Deus, nos afastando do mal (1 Tessalonicenses 5.22), buscando ser a Igreja de Cristo, o sal do mundo, para sermos "arrebatados juntamente com Ele nas nuvens, a encontrar o Senhor nos ares, e assim estaremos sempre com o Senhor" (1 Tessalonicenses 4.17). Amém.

Pr. Carlos Roberto disse...

Caro irmão e amigo Alberto Couto,

A paz do Senhor!

Falar mais o que do seu excelente texto?
Agradeço a Deus pela sua vida e ministéro, assim como nos revelar esse nosso parentesco e proteção do Filho do Presidente do BC Celestial.

Grande Alberto...

Glórias ao Senhor!

Um grande abraço!

Seu conservo,

Pr. Carlos Roberto

Hermes C. Fernandes disse...

A paz do Senhor, irmão Alberto!

Parabéns pelo belo trabalho apresentado aqui no blog. Já estou seguindo.

Aproveito para lhe convidar a conhecer o meu blog, e se desejar também segui-lo, será uma honra. Seus comentários também serão sempre bem-vindos lá.

www.hermesfernandes.com

Juntos pelo Reino!

Alberto Couto Filho disse...

Nobre Willian Emanuel

Grato pela visita;
Grato pelo reforço bíblico à mensagem;
Como estabelecer contato com o amigo?

A paz

Alberto Couto Filho disse...

Abençoamado pastor Carlos Roberto,

Graças que a nossa conta é conjunta com utilização individual, inda que, espiritualmente falando, a movimentação se faz de forma solidária.

Seu comentário, como de praxe, acrescenta valor às minhas modestas considerações.
A paz

Alberto Couto Filho disse...

Ola Hermes,
A paz.
Sê bem vindo.
Já estou por lá.
Que Deus te abençoe, sempre.

Natanael Lima disse...

Querido amadAlberto!
Desculpe minha demora em aparecer...mas estás em meu coração. Quero fazer jus às palavras da irmã Selma Lobo - "quero escrever assim como o senhor quando crescer".
Deus o abençoe ricamente e louvo a Deus por seu ministério e dedicação à causa do Evangelho.

Um forte abraço!
Nata,
natanaellima.blogspot.com

Francisco de Aquino disse...

Irmão Alberto,muito obrigado pelos comentarios no Sola Scriptura. Parabéns pelo blog inspirador e edificante. Deus te abençoe.

JOELSON GOMES disse...

Sr. Alberto, obg mais uma vez pelas palavras e é uma honra ser divulgado pelo seu blog.

Joelson Gomes
http://gracaplena.blogspot.com

Philadelfia - Evangelismo e Louvor disse...

Paz, prezamado Alberto!

Já li este primoroso texto, inclusive, fiz um comentário e, pelo que observo, algum problema de conexão na minha, impediu que ele fosse enviado.

Estou sem internet (por enquanto - problemas técnicos), portanto, através do PC de um amigo, estou escrevendo esse comentário pra dizer que foi uma bênção poder ler e propagar seu livro. Realmente ele nos dá uma visão profunda sobre o real sinificado do que é ser lider e liderado. Com certeza, consulta-lo-ei, sempre que precisar rever algumas situações.

Deus continue abençoando sua vida, sua família e seu ministério, meu nobre amigo e irmão em Cristo,

Um abraço,

Elian Soares
www.evangelismoelouvor.com

Leandro Mello disse...

Querido e amado tio, desculpe pela ausência.

Como sempre, muito inteligente o seu texto.

Depois que deixamos nossas mentes serem transformadas e aceitamos a Cristo como Salvador, essa incredulidade chega a nos ferir emocionalmente, por um lado. Por outro, ficamos felizes por confirmar nossas mentes e olhos verdadeiramente abertos, e natureza humana cedendo lugar à Divina.

Graças a Deus por isso. :)

Um grande abraço!

JOELSON GOMES disse...

Sr. Alberto, lhe mandei via correios algumas das publicações que edito(Aliança Congregacional, gostaria de saber se o sr. recebeu. Deus o abençoe sempre.

Joelson Gomes
http://gracaplena.blogspot.com

Alberto Couto Filho disse...

Natamado
A paz

Achas, por acaso, que vou esperar vc crescer? rsrsrs
Corra para o seu email, mas não o faça antes de dar um amoroso beijo no coração da "sua" Daniela.
NEle, pq tudo é dEle.
O conservo

Alberto Couto Filho disse...

Pb Fco. Aquino

a paz

Não inverta, por favor, os fatos.
Eu é que sou agraciado pelo Senhor por tê-lo como seguidor deste "espaçozinho" virtual.
Cativado por suas excelentes postagens, sou seguidor fiel do Sola Scripura.
Em Cristo

Alberto Couto Filho disse...

Amado Elian

Li e reli seu comentário; tornei a ler e conclui que preciso perguntar ao irmão:
Vc disse que me consultaria?
Pois veja bem: Pensei em fazer o mesmo depois de ter-me honrado daquela maneira.
Toda a honra, glória e louvor sejam dados, exclusivamente ao Pai Eterno.
Orarei pela saúde deste seu computador.
Parece que o meu pegou esta mesma doença rsrs
Sei porque vim

Alberto Couto Filho disse...

Querido sobrinho, irmão
A paz

Estranhei esta sua ausência, até porque, ultimamente, (20 minutos) não tenho brigado com a sua tia rsrsrs
Brincadeira! - Jesus é o meu viver e ela e seu primo são as razões do Meu viver.
Te amo muito

Alberto Couto Filho disse...

Pr Joelson,
a paz

Recebi sim.
Estava por contatar com o pastor Aurivam Marinho da Costa para agradecer o "presentaço" - o nome dele figura como remetente. Gostei muito da Revista para a EBD, assim como do jornal e da revista Aliança.
Confesso não ter observado que o signatário da Carta de Apresentação é o meu amado pastor, o próprio editor.
Vc me perdoa?
Que coisa feia! Não observei que a abençoada Caline Galvão é a responsável pelo projeto gráfico da Revista - sou seguidor do seu blog.
"E eu com isso?" - Maravilha de artigo!
No próximo sábado 20/11, vou estar na baixada (vide notícia no blog do Pr Newton Carpintero) dando uma palavra no 30º Congresso de Missões da AD de Queimado/RJ, presidida pelo insígne pastor Rosalvo Dantas - tomei emprestado o texto para utilizar parte dele no evento. Nesse mesmo dia estarei lançando o nosso livro que mereceu comentários encomiásticos daquele pastor.
Aproveito o ensejo para convidar a blogosfera para um maravilhoso café da manhã que acontecerá antes da consagração da minha obra.
Só Deus na minha vida.
Toda a honra, toda a glória, todo o louvor, sejam dados a Ele.
Seu conservo

Ps Quero ser assinante (anual) da revista P/EBD. Preciso aprender para continuar ensinando.

Presb. Fabio Scofield disse...

Olá! Irmão Alberto, Graça e Paz...

Muito obrigado pela visita e por estar nos seguindo; seu trabalho é maravilhoso, estarei desde já participando.

Deus abençoe ricamente a sua vida

Raianny Duarte disse...

Olá Alberto.

Muito obrigada pelo comentário no meu blog, fiquei muito impressionada, é bom saber que Deus tem abençoado o meu jeito de escrever.
Que lindo o seu blog, gostei muito!!!
E sim, vou atender aos seus pedidos, não quero nunca perder a sensibilidade e o ministério que Deus me concedeu para escrever e crer que vidas serão alcançadas.
E fique a vontade para pegar o texto.
Obrigada por orar por mim e pelos elogios, que Deus te abençoe muito!!!
Parabéns pelo seu blog.

Luciano Zamboni disse...

Irmão em Cristo, a Paz!
Fiquei maravilhado com um comentário seu, e vim conhecer o autor do comentário.
Deveras interessante, e trouxe um texto excelente para abrilhantar minha passagem.
Bem, quando as pessoas não conhecem Cristo, pensam que somos acorrentados por uma lavagem cerebral, quando na verdade fomos libertos de várias.

Graça e Paz!

Alberto Couto Filho disse...

Pb Fábio

Eu já o esperava. Pelo que vi no seu precioso blog, são muitas as nossas afinidades.
Volte, não tarde.
Seu conservo

Alberto Couto Filho disse...

Amada Raianny
Vou chamá-la "princesa",se não se importar.
Vou contar pra todo o mundo que vc tem um lindo blog e que suas mensagens são muito inteligentes e edificantes.
A oração de Jabez, no seu estilo de escrita, ficou realmente esplendoroso.
Como acontece com vc, a sonolência sempre me vem quando leio genealogias.
Hoje estarei postando algo sobre o médico dos médicos.
Leia e comente.
Abençoe-te o Eterno - sempre

Alberto Couto Filho disse...

Oi, Luciano,
A paz

É isto mesmo - quando O conhecemos, as cadeias são quebradas e nasce a luz na escuridão.
Depois...é só orar!
Unidos em Cristo, ate que Ele venha
seu conservo

Willian Emanuel disse...

Irmão Alberto, você pode ter contato comigo através do meu Blog "Que se pregue a Palavra de Deus" (http://quesepregueapalavradedeus.blogspot.com/) assim como qualquer outra pessoa que estiver lendo esse comentário. A paz do Senhor Jesus.

Samuel Buel disse...

A largata enquanto a tese do incoscienbte se arrasta no chão contente da vida com visão sobretudo parcializada da realidade . Daqui a pouco é um outro ser voador que se na hipótese de o bichinho conseguir romper o casulo que o aprisiona voará para o mundo dos deuses a ponto destes dizerem; eis que a largata parece um de nós conhecendo os dois lados antagonicos da existencia universal.

Samuel Buel Escritor e servo de Cristo em processo de maturação

Pb Fernando disse...

Uma vez que fomos alcançados pela indelével palavra de Deus, não devemos jamais vivermos como vivem aqueles que não conhecem a Deus. Parabéns pastor Alberto pela excelente postagem!!!

Cristi@ne disse...

A paz querido,
Sábias palavras... gostei mto do post, infelizmente temos convivido com borboletas que pensam que não precisam passar pela metamorfose, e assim, sempre com o nariz empinado só falta pisar nos outros... mas olhemos para o autor e consumador da nossa fé, só assim, nosso alvo é direcionado!
Deus abençoe!

Cris

Postar um comentário

Pesquisar assuntos, temas ou postagens

MILAGRES

Veja quem nos visitou recentemente