Seguidores

segunda-feira, 11 de novembro de 2013

A IGREJA NA CONTRAMÃO DO SISTEMA

Por Alberto Couto Filho

Trevas densas pairam sobre o mundo, no palco que está sendo  montado nestes tempos finais. Se no passado a Igreja era perseguida e considerada uma ameaça aos sistemas de governo vigentes, no presente a mesma goza de benefícios  extraordinários do poder instituído, com direito e prerrogativas que extrapolam o seu âmbito de atuação.
Esta proximidade da Igreja com o sistema institucionalizado e a busca sempre crescente por status ou posições de destaque na sociedade, fez com que a Igreja do século XXI perdesse o seu papel profético de denunciar as mazelas perceptíveis nestas estruturas políticas humanas.


Por que denunciar e perder todas as vantagens se é mais cômodo permanecer como está e usufruir de todas as benesses institucionais? Para que criar embates ideológicos com os figurões do alto escalão do poder se é mais prático e utilitário permanecer recebendo os “manjares” dos reis.
Este casamento político é um indicador que aponta para um problema maior que está tomando corpo à medida que a Igreja perde o seu referencial e as suas características de “sal” e de “luz” do mundo (Mt 5.13,14).
Ao perder estas características intrínsecas ao seu ideário, a Igreja perde também a sua autoridade apostólica. Uma vez que tal combinação de elementos faz parte de sua tessitura e estrutura formativa. A visível perda da essência e o desvio dos paradigmas bíblicos, decerto, a conduzirão a uma profunda deterioração moral e espiritual, que por sua vez, abrirá as portas para a apostasia e rebelião contra Deus.
É importante ressaltar que embora esteja havendo este estiolamento, que é um sinal dos tempos finais, percebe-se que o Senhor tem guardado alguns que ainda não se prostraram a baal. Como nos tempos do profeta Elias, Deus ainda tem remanescentes fieis que permanecem inabaláveis no cumprimento de sua vocação celestial, independente do que esteja acontecendo ao redor ou de influências externas.
Nos dias do profeta Elias, o culto a baal foi institucionalizado pelo perverso governo de Acabe, influenciado pela ardilosa, e terrível, Jezabel.

Entretanto, ainda que o poder reinante estivesse longe dos princípios da Palavra de Deus que eram contrários às práticas idolátricas e abomináveis dos povos pagãos, sabe-se que o Senhor havia guardado 7000 homens que não haviam transigido com a heresia governamental. Esses homens mantiveram-se firmes na verdadeira postura de “servos fiéis”, contrariando as disposições e os éditos reais que impunham coercitivamente um desvio do culto real para uma falsa adoração.

Em certos aspectos, quando o sistema se afasta de Deus ou é contrário ao que está estabelecido nas Escrituras, não há, portanto, nenhum compromisso do cristão em obedecê-lo ou ser submisso ao mesmo. Pedro declara: 
“Mais importa obedecer a Deus do que aos homens” (At 5.29).
A nossa consciência não pode ser tolhida ou cerceada por quem quer que seja. É preciso decidir-se de que lado se deseja permanecer, pois o Senhor não aceitará duplicidade de caráter ou comportamentos ambíguos do seu povo, quando está em jogo os princípios éticos, morais e espirituais da vida cristã exemplar, baseada na submissão à Sua Palavra.


O patriarca Josué deixou claro a sua disposição de permanecer firme numa posição santa e íntegra diante de Deus, quando disse ao povo de Israel prestes a entrar em Canaã estas palavras:
“Porém, se vos parece mal servir aos vossos olhos servir ao Senhor, escolhei hoje a quem sirvais: se os deuses a quem serviram vossos pais, que estavam dalém do rio, ou os deuses dos amorreus, em cuja terra habitais, porém eu e a minha casa serviremos ao Senhor” (Js 24.15). Esta declaração nos instiga como servos do Deus vivo, a sermos incondicionalmente leais, aos fundamentos da fé no nosso Criador.
O povo de Deus foi chamado para ser santo e transmitir os valores eternos da Bíblia e não para ser massa de manobra nas mãos de governos ímpios, pastores gananciosos e líderes imorais. Basta!

Nota: Texto extraído do blog CRISTIANISMO EM DIA do presbítero Geovani F dos Santos


Pesquisar assuntos, temas ou postagens

MILAGRES

Veja quem nos visitou recentemente