Seguidores

sábado, 21 de setembro de 2013

SOCORRA-NOS DR. RUY BARBOSA!

800px-Ruy_Barbosa_campanha_presidencial_1919


Leitores, seguidores, visitantes, amigos,

Paz

> Registrem que:

Confuso, fui acudido por Ruy Barbosa para o entendimento da decisão dos cinco ministros do STF, asseclas ou partidários petistas, quanto aos mensaleiros/delinquentes, comparsas “cumpanheiros” do ex-presidente Lula, cujas campanhas políticas (2002 e 2006), financiadas com dinheiro público (350 milhões de reais) num escandaloso esquema, conhecido em todo o mundo, como “mensalão”, guindou-o à presidência da República desta Pátria amada, exageradamente gentil. Como se sabe, em 18.09.2013, 12 dos 25 condenados no processo nº 470 receberam, antecipadamente, seus presentes de Natal, sob a forma de uma possível absolvição e perspectivas de prescrição de penas.
Ruy Barbosa, para quem não sabe, foi um Jurista, Político incorruptível, Diplomata, Escritor, Filólogo, Poliglota Tradutor e Orador Brasileiro. (1849/1923)
De um discurso proferido pelo Dr. Ruy Barbosa em 1920, na Faculdade de Direito de São Paulo, extrai alguns trechos, frases com termos que analisados à luz deste faccioso julgamento, levariam o plenário do STF a “fazer tábua rasa” quanto aos embargos infringentes e decidir pautados, tão somente, na ética e na moral.
Ei-los:
    • “Mas justiça atrasada não é justiça, senão injustiça qualificada e manifesta”...
    • “Os juízes “tardinheiros” são culpados, que a lassidão comum vai tolerando”...
    • “Nâo estejais com os que agravam o rigor das leis, para se acreditar com o nome de austeros e ilibados. Porque não há nada menos nobre e aplausível que agenciar uma reputação malignamente obtida em prejuízo da verdadeira inteligência dos textos legais”...
    • “Não julgueis por considerações de pessoas, partidos políticos ou pelas do valor das quantias litigadas, negando as somas, que se pleiteiam, em razão da sua grandeza, ou escolhendo, entre as partes na lide, segundo a situação social delas, seu poderio, opulência e conspicuidade”.
                 Partidos políticos – grifo meu

> Considerem que:


=> A clara ocorrência de impunidade, foi verificada por uma injustiça qualificada e manifesta;

=> O julgamento dos mensaleiros durou tanto, e 
com tanta cooperação de ministros subservientes ao Planalto (tardinheiros-juipetistas) que, como lembrou o Reinaldo Azevedo, deu tempo de que fossem aposentados, por atingirem 70 anos de idade, ministros independentes, substituídos por ministros que não merecem levar esse adjetivo, e que se juntaram, em uníssono, aos magistrados proteladores.
(Ricardo Betti)

=> O Supremo, através das manobras convenientemente “tardinheiro-juipetistas” 
(chicana) postergou decisões sobre o “Mensalão” lá para o segundo semestre de 2014. O termo chicana foi usado pelo presidente do STF, Ministro Joaquim Barbosa, referindo-se a manifesta intenção do juiz Ricardo Lewandowsky, revisor do processo 470, em protelar o andamento do processo à espera da posse dos novos “cumpanheiros”, indicados pelo senhor Lula – Tudo armado.

=> O “i9”, no facebook, divulgou que aquele novato componente do STF, Juiz 
Luiz Roberto Barroso foi favorecido pelo governo federal em R$ 2.000.000,00 (dois milhões de reais) - (INEXIGIBILIDADE de licitação, publicado no DO de 12.08.2013);
=> Esse mesmo juiz antes de proferir seu voto, acintosamente, proclamou sua consideração por José Genoino e disse que “não tá nem ai para a opinião pública - pode?

> Voltem a Ruy Barbosa:

“DE TANTO VER TRIUNFAR AS NULIDADES, DE TANTO VER PROSPERAR A DESONRA, DE TANTO VER CRESCER A INJUSTIÇA, DE TANTO VER AGIGANTAREM-SE OS PODERES NAS MÃOS DOS MAUS, O HOMEM CHEGA A DESANIMAR DA VIRTUDE, A RIR-SE DA HONRA, A TER VERGONHA DE SER HONESTO”.

Com muita vergonha,

Alberto Couto Filho


9 comentários:

Carlos Roberto Silva, Pr. disse...

Caro Alberto Couto,

É desnecessário dizer que seu texto é excelente!
Concordo tanto qu assino contigo e compartilho da mesma vergonha.

Parabéns!

Um grande abraço,

Pr. Carlos Roberto
Point Rhema

Pb Fernando disse...

E assim caminha nosso pais, comandado e dominado por uma quadrilha cujo principal objetivo é fazer com que a injustiça continue sendo nosso cartão postal entre os demais países.

Newton Carpintero, pr. e servo. disse...

Caro irmãozão Alberto,

Paz amado!

Após ler a sua matéria, caminhou sobre a minha mente a lembrança do Hino NACIONAL, e controlei-me para não sentir náuseas do que se permite no Brasil, este, tão devastado pelos aviltadores.

Sinto desprezo, muito desprezo, pelos que elameiam o futuro da nossa sociedade através do desprezo total ao respeito moral e cívico.

O Senhor nos ajude,

O menor.

Mário César de Abreu disse...

Amado Alberto,paz!

O que dizer? Lembro me de quando criança a gente cantava o Hino Nacional na escola e éramos ensinados a ser patriota,tinhamos educação moral e cívica.
Não sabiamos que um dia viria um tal de "governo pt" com seus bandidos e destruiria nossa pátria amada.

Mário

António Jesus Batalha disse...

Estou alegre por encontrar blogs como o seu, ao ler algumas coisas,
reparei que tem aqui um bom blog, feito com carinho,
Posso dizer que gostei do que li e desde já quero dar-lhe os parabéns,
decerto que virei aqui mais vezes.
Sou António Batalha.
Que lhe deseja muitas felicidade e saúde em toda a sua casa.
PS.Se desejar visite O Peregrino E Servo, e se o desejar
siga, mas só se gostar, eu vou retribuir seguindo também o seu.

Alberto Couto Filho disse...

Pr Carlos Roberto
Paz
Perdoe-me por tardar a comentar.
Estou às voltas com o lançamento do meu CD que, num primeiro prognóstico, seria lançado em 09.11.2013, em minha igreja (CEFAV).
Realmente, estou envergonhado, como brasileiro, de tanta safadeza.
Sua aquiescência ao teor da mensagem valoriza, sobremodo, este meu humilde espaço.
O nobre ministro permitiria que eu compartilhasse, através do seu email, notícias sobre algumas das sórdidas ações do partido dominante, rumo a uma posição totalitarista?
Seu conservo em Cristo

Alberto Couto Filho disse...

Pb Fernando
Paz

Rogo perdoar-me quanto ao tardio do meu comentário.
Precisamos fazer algo que, pelo menos, venha a limitar o poder dos vendilhões da pátria.
Seu conservo

Alberto Couto Filho disse...

Menorzão,
Paz

É isso; desrespeito moral e cívico.
A coisa chega a ser repulsiva.
Triste, muito triste
Alberto

Alberto Couto Filho disse...

Mario,
Paz
Exatamente isso - estão destruindo o nosso País
O que vamos fazer?

Postar um comentário

Pesquisar assuntos, temas ou postagens

MILAGRES

Veja quem nos visitou recentemente