Seguidores

quarta-feira, 10 de abril de 2013

O CULTO Á PERSONALIDADE E O PARTIDARISMO

A flagrante tenuidade entre honrar e idolatrar um homem de Deus
Por Alberto Couto Filho

Discute-se:
Marco Feliciano renuncia?  Permanece?
Perguntam-me:
Ele sai? Ele fica? O  que achas?

O lamentável é que esse assunto tem sido comentado nos púlpitos, nas igrejas, pelos seus próprios líderes, até mesmo em meio à pregação da Palavra de Deus. Por esta razão, aqui e ali; cristãos e não cristãos emitem opiniões divergentes sobre o comportamento, sobre as restrições à conduta religiosa e parlamentar do pastor/deputado Marco Feliciano – redundando: muitos a favor; outros tantos contra.
A veiculação deste assunto nas igrejas através das suas lideranças tem fomentado a ocorrência de um nefasto e inaceitável PARTIDARISMO, biblicamente considerado como inimigo mortal da Unidade na igreja de Cristo, pela sua capacidade de introduzir facções em uma pequena congregação.
Por isso, em muitas dessas igrejas pode-se distinguir, em meio à membresias, já divididas sobre este tedioso affaire, a adoção de posturas mundanas quando da discussão em torno da conduta de conhecidos mega-evangelistas, sem que seja percebida a substituição do necessário e obrigatório culto a Deus por um indesejável “culto à personalidade”

Como decorrência natural dessa veiculação, afloram em muitas das nossas igrejas pessoas e grupos já fragilizados, não mais dependentes do Senhor das nossas vidas.
Esses nos permitem identificar tendências a valorizar esse ou aquele ministério que têm a frente: apóstolos, bispos e pastores que desenvolvem um elaborado marketing pessoal que, propositadamente, estão a carreá-los à categoria de “ídolos”; são líderes proclamados carismáticos por aquelas pessoas que os tornam midiáticos e que se dispõem a sustenta-los, através de ofertas voluntárias – creio ser este o caso do nobre deputado/pastor Marco Feliciano e de outros que professam a falaciosa teologia da prosperidade.
Há uma linha extremamente tênue entre honrar um homem de Deus e idolatrá-lo.

Quando da emissão de um parecer pessoal quanto à renúncia ou à sua permanência na presidência da CDHM, seja quem for o emissor ele estará, naturalmente, propiciando a instalação do espírito partidário devido à divergência de opiniões e, creiam, vai ser extremamente difícil desinstalá-lo.

A idolatria, nesse caso, é uma reles caricatura de adoração a Deus.  O “ídolo” vibra com os aplausos dos idólatras e, quase sempre, se esquece de atribuir o seu dom ou virtudes (se é que as tem) ao poder do nosso Criador.
Seguem-se aos aplausos, para reforçar a ovação popular, aquele “papo” falso, apinhado de uma inexistente humildade – é assim, modesta e acochambradamente que se promove o danoso “culto à personalidade”.

Por conveniência e, tão somente por isto, esses ídolos inúteis esquecem a liturgia para a “adoração pública”:

1 - Criada poeticamente pelo salmista, quando declara a confiança que o povo deve ter apenas no Senhor:
“HONRAS SOMENTE A DEUS” – “Não a nós Senhor, não a nós, mas ao teu nome dá glória, por amor da tua misericórdia e da “tua fidelidade.” (Sl 115-1;

2 – Deus repreendendo a infidelidade do povo, dizendo: EU sou o mesmo:
“CONTRASTANDO COM A JACTÂNCIA DA BABILÔNIA” - “Dá-me ouvidos, ó Jacó, e tu ó Israel, a quem chamei; eu sou o mesmo, sou o primeiro e também o último” (Is 48:1);
3 – Paulo comparando a loucura da cruz com o poder de Deus:
“PAULO GLORIA-SE NA CRUZ DE CRISTO” – “Mas longe esteja de mim gloriar-me, senão na cruz de nosso Senhor Jesus Cristo, pela qual o mundo está crucificado para mim, e eu, para o mundo” (Gl 6:14).

Por ser perceptível ao Apóstolo Paulo a existência do PARTIDARISMO entre os cristãos da igreja de Corinto, ele suscitou um questionamento sobre o aval do Senhor àquela divisão entre eles, observando que a mensagem do Evangelho teria que se sobrepor a qualquer desejo ou intenção de se buscar relevância para certos assuntos.
Paulo exortou-os à Unidade, rogando pela extinção das contendas entre as facções criadas pelo PARTIDARISMO, numa primeira carta por volta de 55 a.C (1Co 1:10-12), mas numa segunda carta (2Co 12:20), poucos anos ais tarde, ele menciona o receio e apreensão de, numa visita próxima, encontrar aquelas mesmas facções às voltas com contendas, invejas, iras, porfias, detrações, intrigas, orgulho e tumultos (2Co 12:20).

Esta é uma séria indicação da profundidade que o PARTIDARISMO pode alcançar, quando fomentado e tolerado pela liderança de uma igreja. Jesus exemplificou com clareza o posicionamento do cristão, ante a sua existência: O Senhor Nosso Deus deve ser o centro de nossa vida. O Filho do Homem não permitiu nem à própria família desviá-lo do foco da vontade de Deus para a sua vida (Mt 12: 48-50).

Podemos observar que o PARTIDARISMO compreende quatro momentos, quando visíveis as relações de manipulação e controle existentes não apenas em pequenas igrejas, mas também nos templos capitaneados pelos polêmicos profetas da teologia da prosperidade.
Num primeiro momento, ocorre a divergência de opiniões (dissensão) geradora de desacordos e de muita tensão. Emoções fortes decorrem da ineficiente administração do problema, determinando a base do PARTIDARISMO;
Num segundo momento, torna-se possível identificar o oportunismo de líderes personalistas que, visando se beneficiar, exploram aquela divergência;
Num terceiro momento os prós e os contras digladiam-se, difamando uns aos outros – a troca de ofensas é usada como se fora uma arma integrante de um armamento bélico;
Num quarto momento, já se pode observar uma grande dificuldade de comunicação, pelo desenvolvimento e consolidação de um notório desprezo pela opinião de terceiros.
Enquanto isso, oriundo da “guerra” criada pelo cabuloso “PARTIDARISO” nasce e floresce o rompimento de relacionamentos entre os cristãos enquanto, mais e mais, distancia-se o ideal da Unidade, fazendo com que a eficiência da igreja seja seriamente comprometida.

Na verdade, necessitamos de líderes autênticos, totalmente comprometidos com a obra do Senhor e que sejam liderados pelo Espírito Santo, para que não aconteça o “culto à personalidade”, fator determinante da extinção do culto a Deus, Àquele a quem, unicamente devemos louvar glorificar e adorar, em espírito e verdade.

Instado a opinar, digo ser favorável à permanência daquele nobre deputado/pastor na presidência da CDHM, unicamente, por falta de melhor opção, ocasião em que lembro uma oportuna frase de Abrahan Lincoln:

"Quase todos podemos suportar a adversidade, mas se quereis provar o caráter de um homem, dai-lhe poder.".

Concluo, reproduzindo o trecho final de um brilhante artigo de autoria de Samuel Torralbo, co-pastor na AD Casa Verde Alta em Mogi das Cruzes: por concordar “in totum” com o seu contexto:   

Vejo nitidamente que o culto essencial a Deus precisa ser resgatado e mantido pela Igreja, enquanto que, o show religioso precisa acabar:

O show das performances humanas precisa acabar, para que, novamente o poder do Espírito Santo possa operar;
O show das palavras de motivação e autoajuda precisa acabar, para que, a palavra de Deus possa gerar arrependimento e mudança nos corações;
O show de lideranças amantes de si mesmas precisa acabar, para que, verdadeiramente pessoas venham ser conduzidas no Evangelho;
O show das experiências mistificadas e pagãs precisa acabar, para que, o Evangelho simples e puro venha transformar vidas;
O show da disputa de poderes institucionais religiosos precisa acabar, para que, a o poder do Evangelho seja a centralidade da vida cristã;
O show das teologias fundamentadas no materialismo e egoísmo precisa acabar, para que, a essência das escrituras possa ser desfrutada e vivenciada na pratica da vida;
O show precisa acabar…e o Evangelho de Cristo, precisa avançar.

Abençoe-nos Deus. Oremos.
Alberto Couto Filho

44 comentários:

Newton Carpintero, pr. e servo. disse...

Caro Irmão ZÃO,

A paz amado!

Dou graças a Deus por ter conhecido o evangelho em uma época que com todos os problemas de infraestrutura, tínhamos um Evangelho com simplicidade.

Lembro de pastores como Arlindo Pimentel, Samuel Henriques da Matta e muitos outros que entregavam-se de maneira total à preocupação em apenas discipular.

O poder demonstrado por Deus, era um acontecimento comum, e não motivado pelas especulações dos artistas e ídolos de uma fé morta.

A fé em Jesus Cristo, proporcionava mudanças de vida. As mudanças, permitiam maior dedicação à santidade e a simples escolha em servir ao Deus Criador.

Hoje, as direções criadas, são apenas, para um deus serviente e necessitado, e atribuídas aos sentimentos carnais e humanos, dirigidos por uma fé em um interesse totalmente insalubre ao bom sentido da fé.

A bem da verdade, o show precisa acabar o mais rápido possível.

Muitos pagarão caro, muito caro, por esta permissividade permitida, dentro das casas de oração.

Basta!

O Senhor seja contigo,

O menor de todos os menores.

Geovani Santos disse...

O partidarismo têm sua essência herética já que o próprio termo partido tem o mesmo sentido de "airesis" no grego. É a mesma raiz da palavra facção, facciosismo, divisão e separação. Isso diz-nos dos perigos que tais atitudes podem acarretar, isto é, rachas na igreja do Senhor e, por conseguinte, na própria comunhão entre os irmãos. É uma erva daninha terrível, meu querido irmão Alberto!

Mário César de Abreu disse...

Amado irmão Zão Alberto,a Paz!

Os corintios tinham estas coisas lá e Paulo sabiamente os repreendeu e instruiu,o problema hoje,é que não se aceitam instruções,os homens se tormanram como Paulo disse à Timoteo:

SABE, porém, isto: que nos últimos dias sobrevirão tempos trabalhosos.Porque haverá homens amantes de si mesmos, avarentos, presunçosos, soberbos, blasfemos, desobedientes a pais e mães, ingratos, profanos,Sem afeto natural, irreconciliáveis, caluniadores, incontinentes, cruéis, sem amor para com os bons,Traidores, obstinados, orgulhosos, mais amigos dos deleites do que amigos de Deus,
1 timoteo 3:1-4

Que O SENHOR nos ampare nestes dias difíceis e também continue a usar o amado irmão nestes escritos sábios e oportunos ao nosso tempo.

Em Cristo,
Mário César de Abreu

CORAÇÃO QUE PULSA disse...

Professor...grandes são as tuas palavras. Palavras essas...que estão na boca de muitos que estão cansados da VANGLÓRIA.
“Mas longe esteja de mim gloriar-me, senão na CRUZ de nosso Senhor JESUS CRISTO, pela qual o mundo está CRUCIFICADO para MIM, e EU, para o MUNDO” (Gl 6:14).
Olho...e vejo no CORPO que antes era chamado de CRISTO...Num corpo de RAÇA de VÍBORAS.
O CORPO está fraco amigo...tantas barbáries no TEMPLO do SENHOR.Precisamos ser CHICOTEADOS...ter AS NOSSAS mesas DE mercadorias JOGADAS AO CHÃO...destruídas...jogadas FORA. Precisamos que o MESTRE nos mostre novamente a PORTA do TEMPLO...a ENTRADA...que ELE nos coloque DENTRO.Ou...se preferirem ficar de FORA...já estão na RUA é só...bater em RETIRADA.O que estão fazendo do EVANGELHO de JESUS...ELE...já está sendo esquecido dentro dos templos...o HOMEM, já tomou o seu lugar.
Mas...há esperança para àqueles que querem o CÉU...que querem VÊ-LO face a face...
ESSES:
Ao CHEIRO das ÀGUAS...BROTARÃO.
Clélia2013

Pastor Giovani e Missionária Delair disse...

Qual é o desejo de Deus? Essa deveria ser a pergunta de todos que professam a fé Nele e exercem uma posição de liderança.
A resposta é simples:
Que sejamos um Nele! Tanto líderes quanto liderados - na Igreja ou em outro lugar.
E que toda a glória seja dada a Ele.
Quem é o homem, pobre mortal, enquanto na carne, para ser adorado?
Já não disse Jesus que aquele que quiser ser grande seja servo?
Sinceramente creio que há muitos pastores comprometidos com a liderança servidora que Jesus ensinou com seus próprios atos/exemplos.
Há alguns, "gatos pingados" que ousam agir ao contrário do comissionamento de Deus e que envergonham e desviam as ovelhas, sendo expostos pela mídia fazendo com que os que "estão de fora" do Reino generalizem e julguem negativamente a Igreja de Deus.
Escolhamos agir sob a vontade de Deus.
Escolhamos servir apenas!
Lembrando que a obra de cada um será provada pelo fogo...
A Paz!
Missionária Delair.

Alberto Couto Filho disse...

Abençoamados leitores/seguidores,
Paz
Alguém, respeitosa e educadamente, leitor do meu Livro e dos artigos que publico nesta minha modesta página virtual, e franco admirador da minha, por ele assim definida: bem humorada imparcialidade, em meio a encômios e lisonjas, escreveu-me, por email.
Arguiu-me sobre meu posicionamento quanto à renúncia ou permanência do nobre deputado Marco Feliciano na CDHM, pedindo-me esclarecer o que eu quis dizer, nesta postagem, ao usar a expressão: “na falta de melhor opção”.
Como lhe prometi, usando de igual discrição, faço uso deste MEU espaço para responder-lhe, imaginando haver outras pessoas que gostariam de me questionar sobre o mesmo assunto.
Prolixo que sou, divaguei em outras direções, dizendo-lhe não ser um admirador da política, embora compreenda a necessidade da sua existência para a vida de uma nação e falei-lhe sobre ditos populares.
Optei por sua permanência na presidência daquela Comissão, em razão de ter “sobrado” a CDHM para o “pequenino” PSC e da inexistência de outro parlamentar nas fileiras daquele partido, que se disponha a defender, corajosamente, a FAMÍLIA, algo que, aparentemente, ele vem fazendo agora, defendendo-se dos ataques dos ativista gays,
Por conseguinte, referi-me à inexistência de melhor opção, quando poderia ter usado o dito popular: “Não tem tu, vai tu mesmo”, mesmo que seja visível o interesse político daquele pastor em permanecer à frente daquela Comissão.
Pelo que se diz, seus mais otimistas correligionários já estariam cogitando seu nome como futuro candidato à Presidência da República (?)
É isso mesmo, respondi àquele simpático comentarista: "Não tem tu, vai tu mesmo". Basta que o nobre deputado bloqueie definitivamente aquele seu duto de pseudo-intelectualidade, impedindo o desague de palavras e frases inconsequentes, por onde flui aquela sua patente e notória fragilidade como político de partido pequeno e, em termos bíblico-teológicos, quando distorce o conteúdo das Escrituras Sagradas, além de professar a famigerada teologia da prosperidade.
Basta que ele siga, ao pé da letra, aquela conhecida frase de Abrahan Lincoln:
"É melhor calar-se e deixar que as pessoas pensem que você é um tolo do que falar, e acabar com a dúvida.”
Pode parecer um comentário crítico-apologético, mas todos nós sabemos que não é, pelo que conhecemos daquele nobre deputado/pastor.
Conclui dizendo-lhe que cabe a nós, perseguidos que somos, orar pelo êxito daquele irmão na defesa dos nossos interesses.

Newton Carpintero, pr. e servo. disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Pastor Giovani e Missionária Delair disse...

Apesar de que a política seja uma lástima em todos os sentidos,principalmente nos dias atuais, não devemos esquecer que biblicamente:

Davi - foi rei
José filho de Jacó - governador do Egito
Daniel- governou várias províncias
Moisés - governou/direcionou um povaréu israelita
e tantos outros reis assumiram posições políticas sem deixarem de servir ao Deus vivo.

Tomara que ele, o Feliciano, continue na Comissão, pois apesar de tudo, ele e uns poucos tem se posicionado publicamente a favor do Evangelho, da família e da Igreja.

Onde estão os outros pastores que aparecem sempre na mídia? Caladinhos. E nós?

Vamos ver no que vai dar...
O que não podemos é nos conformar com a direção que esse mundo está tomando, onde alguns grupos querem mudar a verdade de Deus em mentira (Romanos 1).

A Paz,
Missionária Delair.

Newton Carpintero, pr. e servo. disse...

Caro Irmão ZÃO,

A paz amado

Não acredito na hipótese deste político exercer o cargo com o título de pastor. Sinto-me envergonhado!

Envergonhado, pelo demonstrado diante de tantas heresias nos vídeos do youtube. Se não há o controle emocional dirigido pelas escrituras, não haverá o controle emocional envolvido pelo poder humano.

É melhor que a perseguição venha o mais rápido possível, para que muitos sejam desmascarados.

Não há, no presente século, o convênio com as duas funções. É extremamente difícil e de grande responsabilidade, a posição de pastor, se houver o ajuntamento com o cargo político.

Sou contra esta bagunça e arruaça promovida por interesses que são desviados da palavra de Deus.

É triste! Muito triste!

O Senhor seja contigo,

O menor.

Alberto Couto Filho disse...

Missionária Delair,
Paz

Todos nós, a grande maioria dos cristãos (não-midiáticos) espalhados pelas igrejas deste nosso rincão, defendem a família nas questões que envolvem os ativistas gays - esta postura não é exclusividade do amado Feliciano que, como os demais mega-pastores, dispõe de estruturas, tática e técnicas para arrecadar recursos para cobrir os gastos com TV - o que a maioria ABSOLUTA dos pastores não tem. Se as possuíssemos estaríamos, também, "dando a cara a tapa" nas telinhas da TV.
Por Deus, leia meu comentário, um pouco acima sobre o que quis dizer quanto a permanência daquele senhor na presidência da CDHM, quando digo ser ele a nossa melhor (e única) opção.
Sinceramente, nada tenho de pessoal contra aquele senhor - apenas não advogo certas incongruências teológicas que ele comete ao falar.
Volto a dizer que é o maldito partidarismo que cria as danosas facções entre nós.
Transcrevo, a seguir, trechos daquele meu comentário para que não existam dúvidas quanto ao meu posicionamento:

Prolixo que sou, divaguei em outras direções, dizendo-lhe não ser um admirador da política, embora compreenda a necessidade da sua existência para a vida de uma nação e falei-lhe sobre ditos populares.
Optei por sua permanência na presidência daquela Comissão, em razão de ter “sobrado” a CDHM para o “pequenino” PSC e da inexistência de outro parlamentar nas fileiras daquele partido, que se disponha a defender, corajosamente, a FAMÍLIA, algo que, aparentemente, ele vem fazendo agora, defendendo-se dos ataques dos ativista gays,
É isso mesmo, respondi àquele simpático comentarista: "Não tem tu, vai tu mesmo". Basta que o nobre deputado bloqueie definitivamente aquele seu duto de pseudo-intelectualidade, impedindo o desague de palavras e frases inconsequentes, por onde flui aquela sua patente e notória fragilidade como político de partido pequeno e, em termos bíblico-teológicos, quando distorce o conteúdo das Escrituras Sagradas, além de professar a famigerada teologia da prosperidade.
Conclui dizendo-lhe que cabe a nós, perseguidos que somos, orar pelo êxito daquele irmão na defesa dos nossos interesses.
E o nosso livro? Estão gostando?
Alberto



Pastor Giovani e Missionária Delair disse...

Irmão Alberto,
Graças a Deus ainda existem prudentes construtores que anunciam a Cristo, esperança da glória (Colossenses 1:27).
Esse cuidado, creio, a grande maioria, que não estão na mídia, tem tido. Estão por aí, nos mais remotos rincões desse planeta, ainda pregando a Salvação pelo sacrifício vicário.
Continuemos militando legitimamente (II Timóteo 2:5) e nosso Deus nos honrará.
A Paz,
Missionária Delair.

Alberto Couto Filho disse...

Abençoamada Ana Claudia
Paz

Se estás livre para voar, por que não levantaste voo até agora? Por que não comentar?
Seja bem vinda.
Em que posso ajudá-la?
Quer publicar um texto meu?
Que Deus te abençoe.
Alberto

*** ZIZI *** PARA OS AMIGOS!!! ### disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
*** ZIZI *** PARA OS AMIGOS!!! ### disse...

Olá, o seu blog é maravilhoso! Vim retribuir sua visita e seguir!
Eu gostaria muito de ser sua amiga...

Aproveite e leve o selinho que ofereço para seguidores!

Por favor curta minha FANPAGE: http://www.facebook.com/ZiziParaOsAmigos
Retribuo com o maior prazer!

Fica com DEUS!

BEIJINHOS EM SUA ALMA...

Gracita disse...

Olá amigo Alberto
Fiquei honrada com tua carinhosa presença e lisonjeada com teu oferecimento. Estou maravilhada com a possibilidade de ter no meu acervo uma obra sua e ainda mais autografada. É felicidade demais meu amigo. Meu mais sincero agradecimento. Vou deixar-te meu e-mail para contato. mgfragasantos@yahoo.com.br
Falando da sua postagem. Sou totalmente desfavorável ao uso dos recursos midiáticos por pessoas públicas para se auto promover e ainda agregar seguidores fanáticos com tendências à idolatria. Acredit que nós humanos somos seres tão imperfeitos que não podemos pleitear este posto nem em pensamento. A idolatria acaba por corromper o cérebro e as pessoas tornam-se meros repetidores da vontade daqueles que escolheram para seguir. Eles se aniquilam em função de alguém.
Uma boa semana repleta de paz, harmonia e boas energias.
Um carinhoso abraço
Gracita

Alberto Couto Filho disse...

Abençoamada Gracita,
Paz

Fico a imaginá-la como uma apologeta. Serias um instrumento poderoso nas mãos do Senhor, combatendo os heresiarcas, mercadores da fé.
Abra seu email, por favor
Alberto

Morgan Nascimento disse...

Olá, parabéns pelo blog!
Se você puder visite este blog:
http://morgannascimento.blogspot.com.br/
Obrigado pela atenção

Alberto Couto Filho disse...

Oi Morgan
Paz
Grato pela sua honrosa visita.
Estive lá e digo que voltarei mais vezes, em razão do que vi. Bom que você fala de amor e paz.
Isto é ótimo!
Alberto

Gracita disse...

Boa noite amigo Alberto.
Recebi o teu maravilhoso presente. Me emocionei com a tua generosidade. Passe lá no meu blog e veja a postagem.
Muito me honrou aquela dedicatória tão especial. Obrigada amigo.
Um abraço
Gracita

Alberto Couto Filho disse...

Oi Gracita,
Paz
Que o Senhor me perdoe pela vanglória, mas a minha amiga vai ter a oportunidade de ouvi-LO através do nosso contexto. Afinal, eu me esmerei para falar do modelo de Liderança exercitado pelo Filho do Homem, no qual o Criador tem comprazimento.
Leia e aprecie.
Sinto-me honrado por dispensar-me o tratamento de AMIGO.
Em Cristo, Aquele que nos amou primeiro.
Alberto

Alberto Couto Filho disse...

Amigos, amados
Paz

Visitem o blog Escritora de Artes, editado pela minha poetisa favorita.
Ela acaba de descrever parte da inefável obra de Deus: a NATUREZA. Leiam; comentem.
O que se deve ressaltar é a assinatura aposta pelo Criador. Ele simplesmente assinou; PERFEIÇÃO.
Esse é o meu Deus!
Alberto

Rita disse...

Boa tarde de sábado de Sol!!
♫♫♫ (¸.•❋

Vim deixar um abraço ,desejar um belo
final de semana, ver e gostar do seu
post.
Termino com uma frase que adoro.

Eu poderia suportar, embora não sem dor, que tivessem morrido todos os meus amores, mas enlouqueceria se morressem todos os meus amigos!

(Vinicius de Moraes)

Abraços com carinho
Rita!!!!
♫♫♫ (¸.•❋

Alberto Couto Filho disse...

Ritamada,
Paz

Menina! Que coisa gostosa!
Estou saboreando algo delicioso:
Bolo de cenoura com laranja, acompanhado de uma generosa quantidade de amizade - Tem gosto de amor ao próximo.
Só você minha amiga para lembrar-me de que existo.
Quero-te bem e Jesus também.
Alberto

*Escritora de Artes* disse...

Olá meu caro amigo,

Quando política e religião se misturam, as coisas se complicam, pois poder e dinheiro superam a fé, (Pelo menos em alguns casos)
Acho lamentável a atitude do Marco Feliciano, não concordo com sua posição, ele é extremista demais, mas tem quem a defenda, por isso respeito o direito de ir e vir de cada individuo.

Obrigada por mencionar meu blog no comentário acima, suas visitas e opinião sobre meus textos, são sempre muito aguardadas por mim...

Saudações e abçs

Alberto Couto Filho disse...

Vanessamada,
Paz

Isso mesmo. Respeitemos o direito "tout-court" - ele sugere o livre-arbítrio.
Só não me venham com aquele de "você não pode tocar nos urgidos do Senhor". Este é o estereótipo preferido por aqueles que buscam se defender, quando apanhados em erro.
Como eu disse: infelizmente ele é a nossa única opção naquele partido político.
Una-se a nós e ore para que ele saiba representar a família, neste cenário maldito que está se descortinando ante nós.
Alberto

JCavalheiro disse...

A Paz do Senhor irmão e amigo Alberto!

Excelentes colocações aqui exaradas pelo nobre amigo. Concordo plenamente com suas ideias, pois a igreja precisa resgatar seus princípios exarados no Evangelho de Jesus Cristo.
Deixo contudo aqui minha posição a respeito do deputado e pastor Marco Feliciano, sua teologia, sua verborragia e a grande mídia.
Nunca fui e nem sou admirador do Pastor Marco Feliciano em virtude de sua propaganda do enriquecimento fácil pela propagada "teologia" da prosperidade e seu verbo solto, atingindo muitas vezes pessoas inocentes.
A mídia está usando no entanto o deputado como bandeira a ser combatida, visando atingir todos aqueles que tem se manifestado contra a implantação de uma ditadura da imoralidade em oposição a todos os princípios da Lei de Deus e dos sadios e bons costumes da sociedade através dos tempos.
Deus seja contigo meu amigo!
Abraços de....
João Q. Cavalheiro

Alberto Couto Filho disse...

Nobre pastor João
Paz

Se pelo menos ele calasse ante o prazer que tem de falar, sem qualquer resquício de savoir-fair.
Ca pra nós, ele não tem "physique du rôle" para exercer o cargo ao qual foi guindado pelo PSC.
Dizem pela ai que ele está sendo instruído por alguém que adora ser entrevistado em programas de TV, de olho em dividendos políticos.
Vou dar-lhe uma dica: Esse alguém já usou bigode e apresentava-se (no passado) como servo acima de tudo. Hoje ele quer ser heresiarca acima de tudo, enquanto servo de MAMON
Descobriu quem é?
Alberto

Evanir disse...

Pastor Amado..
Minhas saudades é muito grande
de estar sempre presente no seu blog.
Estou tentando voltar correndo de tanta saudades
de visitar a todos que tenho muito carinho.
Eu vivo justificando sempre minha ausência
fico triste demais a presença de cada amigo (a)
é muito importante para mim.
Fico feliz não só de receber ,
mais de retribuir o carinho que sempre recebi.
Espero tudo ficar bem em minha vida
e nunca mais ficar longe de você.
Eu não estou fazendo uma lamentação
cada um de nós tem dificuldades ,
e problemas na vida também.
Foi a única forma de
justificar minha ausência falando
aquilo que realmente estou passando.
Deus abençoe sua semana .
Beijos no coração carinhos na alma.
Evanir..
Com Cristo tudo eu posso.
Eu posso suportar.

Alberto Couto Filho disse...

amada Evanir

Paz
É sempre mui agradável receber seus comentários.
Grato pela visita.
Prossiga; continue; persevere.
Deus nos quer assim.

Geovani Santos disse...

Graça e paz, irmão Alberto!

Pelo visto, este assunto tem dado muito pano pra manga.Na verdade se tornou uma coqueluche nas redes sociais e uma febre coletiva em todos os sentidos. Marcos Feliciano deu muito lucro aos jornais e tornou-se figurinha carimbada nos talk-shows. Ele está se promovendo!

Alberto Couto Filho disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Alberto Couto Filho disse...

Bom amigo Geovani
Paz
Embora saiba que seus talk shows são mais apreciados que suas pregações, justificando a sua votação para deputado, estou muito mais preocupado é com o silêncio da sua cobiçosa mentoria.
Convém observarmos que o nobre deputado já está adotando o mise-in-scene praticado pelo seu mentor o seu único e ferrenho defensor, como ele, também pseudo-intelectual, dentre os que professam a insidiosa teologia da prosperidade – zombaria, deboche e chulice em baixíssimo nível.
É visível o interesse político dessa recém-formada dupla de mercantilistas da fé que, vozeando como gralhas com crise renal, emprestam chocarrices às suas aparições televisivas, dizendo-se perseguida, unicamente, por um único segmento da sociedade.
Parece que esse "grilo" é para desviar a nossa atenção do "toma lá" (benção de Deus); "dá cá" (grana).
Aguardemos.

Matias Borba disse...

Nobre amigo, a paz!

Estou precisando do vídeo onde você canta de forma brilhante um louvor a Deus. Vi no blog do Pr. Newton, hehe. Quero em meu blog mas não o encontrei no Youtube. Se puder me ajudar nisso...

Grande e forte abraço!

Alberto Couto Filho disse...

Oi Matias,
Paz

Aqui está:
Acesse:

https://docs.google.com/file/d/0Bxaxc49vDE7hY0paTFlKaThQWjQ/edit?usp=sharing
Lembro ao amigo que o nosso CD tem o seu lançamento programado para meados de junho.
Pode aguardar.
Alberto

Gracita disse...

Bom dia Alberto! Abra a janela do seu coração...
E deixe entrar por ela tudo de mais lindo...
Amor, paz, amizade, carinho, ternura e solidariedade.
Tudo que faça você extremamente feliz.
Deus te deu a vida... e sua vida tem que ser vivida sempre plena de felicidade.
Que o seu final de semana seja mágico, recheado de intensos momentos de alegria e grande felicidade.
Beijos no coração e muitos afagos na alma.

Gracita

Alberto Couto Filho disse...

Gracitamada,
Paz
Minh'alma , às vezes, se aproxima de algo semelhante a um estado de insolvência parcial. Teus benfazejos comentários ampliam o meu “funding” de felicidade, permitindo endividar-me, mais e mais, através de empréstimos de esperança que faço para a minha vida.
Aquele seu beija-flor parece corroborar o pensamento de Henry Beecher, quando fraseou que Deus se esqueceu de pôr uma alma nas flores, inda que soubesse que elas são as coisas mais doces que ELE fez.
Sucede que Beecher não te conhecia amiga – você é uma flor que tem alma clarinha, leveza de borboleta e cheirinho de brigadeiro. A feiura da maldade jamais lhe afetará (RF)
Obrigado

Evanir disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Evanir disse...

Bom Dia Pastor.
Hoje fui visitar minha amiga muito querida Gracita.
Fiquei feliz em encontra-lo no blog dela,
pois senti o desejo de fazer -lhe uma visita.
Li com muito carinho sua postagem que falou
muito ao meu coração.
As suas palavras foram sabias de fácil entendimento
como conheço o Snr: a longo tempo me sinto a vontade para falar como
me sinto no momento.
A algum tempo acometida de alguns problemas de saúde
me sinto constrangida diante da igreja onde congregava.
Um Pastor no meu entender a partir do momento que mistura política e religião já se perdeu na metade do caminho.
Sua postagem de asas ao meu jeito de ser e ver a igreja Snr: Jesus.
Amado a tristeza foi invadindo meu coração ,
pois ia na igreja para voltar cheia do espirito santo de Deus.
Isso não estava acontecendo voltava cheia de politicagem e com santinho para distribuir.
Um dia ouvi do meu Pastor , que o cristianismo e política precisam se misturar.
Como poderia aceitar essa imposição ?
Amado e muito querido Pastor Alberto..
Estou passando um momento muito ,mais muito difícil.
Muito entristecida a 5 meses deixei de ir na minha igreja
com isso não quero dizer ,
que me afastei de Deus .
A presença de Deus na minha vida tem sido marcante
em minha orações peço ao Pai para mostrar o caminho a seguir .
Quando mais preciso dos aconselhamentos do Pastor ele se acomodou com sua vida menos com da ovelha que esta doente.
Pastor.. quero muito uma resposta do Sr: admiro sua postura
e dedicação .
Li seu livro hoje se encontra com minha irmã ,que leu
também emprestou para o Pastor da sua congregação.
Que por sua vez emprestou a outro Pastor de Curitiba PR..
Um livro como o Sr: me deu não foi feito para ficar parado
empresto sim,mais terei ele de volta .
Psr: Alberto preciso saber se leu meu livro e qual sua opinião referente ao conteúdo.
Agradeço seu carinho que sempre me dedicou .
Um abençoado final de semana.
Paz e Luz de Jesus.
Evanir.
PS..Em 09 de Setembro será a Bienal do livro
no Rio de Janeiro.
Meu lugar esta marcado pela Editora espero em Deus
poder marcar minha presença ,e também conhecer o Snr.

Alberto Couto Filho disse...

Abençoamada Evanir
Paz
Louvado e engrandecido seja o nome do Senhor na tua vida.
Deixe-me ajuda-la:
Acesse: www.youtube.com/watch?v=t9JYFCPD6rw

Vamos viajar no tempo, na carona dos queixumes, tuas querelas.
Volte comigo àquele nosso passado de fantasias; ternas, lindas,
Quando ouvíamos falar de flores; de rosas, dálias; de acácias, lis,
De “un peau d’amour” e de teias de aranhas. Lembra-se?
Sonhávamos adolescentes, besouros grandes – tanta inquietude,
Que embarafustávamos, vez em quando, em casa alheia!

Àquela época, à busca de uma flor num galho de acácias amarelas
Por não termos em nossos corações, o nosso Cristo, ainda,
Víamo-nos presos em uma teia e, como ainda se diz:
Em “palpos de aranha” – aranhas cor-de-rosa. Lembra-se?
Coisa mais linda, gostosa e admirável esse “troço” dito juventude,
O melhor remédio pra perda da memória – é o que te enleia?

Olhastes para uma “flor/ser” não confiável que, por ser como é,
Possui uma aranha e murchará - olhastes para o homem, minha amada.
Sua teia está localizada nos galhas da impiedade, luxúria e pecados:
Deixastes de olhar para aquela linda flor do campo, o autor da nossa fé.
Ore a Deus para desprender-se dessa teia e prosseguir em sua jornada.
Nós não tememos por teias, pois só pela Verdade somos enredados.

Evanir,
Não corra o risco de perder a sua Salvação. Volte ao rebanho, ovelha querida.
No mundo, no mar da vida, quando o homem é apanhado por uma rede ele acaba morrendo, mas na rede de Deus o homem apanhado começa a viver.
Quanto ao seu livro, digo que ele é um exemplo de força de vontade, sacrifício e amor. Parabéns, mais uma vez!
A gente se vê na Bienal.
Em Cristo
Alberto

Evanir disse...

Bom Dia Querido Pastor.
Li agora o comentário do Snr: não foi excluído por mim parte do cometário bem que gostaria de ter lido jamais excluiria seu comentário uma pessoa que amo e respeito como o Snr;
Fiquei feliz de encontrar sua visita logo pela manhã
a algum tempo não tenho recebido nenhum recado.
Sinto falta das suas carinhosas palavras.
Deus abençoe grandemente sua vida paz e luz..ovelhinha virtual,Evanir.

Evanir disse...

Querido levei todo comentário para minha pagina.
Deus abençoe pelo aconselhamento muitas vezes dói
todo ocorrido na minha vida, mais certamente depois de ler suas sabias palavras estarei partido para uma nova vida em outra congregação onde já tenho vários irmãos e irmãs .
Que a paz de Deus esteja conosco vou enviar um email
ainda hoje para o Snr: preciso de respostas para algo que esta deixando minha vida sem saber o caminho a ser seguido.
Evanir.

Alberto Couto Filho disse...

Evanir, abençoamada
Paz

Traga-me suas dúvidas e eu tentarei dissipá-las.
Quanto ao caminho a ser seguido, só conheço um:
JESUS CRISTO - Ele é, além do caminho a ser seguido, a verdade e a vida.
Se você quiser posso reproduzir o meu comentário que é a cópia fiel do email que lhe enviei.
Se necessário, chore! Jesus estará recolhendo suas lágrimas. Saiba que ELE jamais te provará além das forças e nunca esquecerá um filho Seu.
Que Deus continue te abençoando.
Buscar uma nova liderança é o melhor que fazes.
Alberto

Suely Rezende disse...

Olá irmão Alberto!!!!!
Passei em seu amado blog p/ desejar um feliz fds. Deus abençoe,
Abraços
Suely

Alberto Couto Filho disse...

Oi Su,
Paz
Grato pela visita - que a sua semana seja, também, abençoada.
Alberto

Postar um comentário

Pesquisar assuntos, temas ou postagens

MILAGRES

Veja quem nos visitou recentemente